Psiu

“PSIU! uma estória infantil para adultos ou uma história já madura para crianças” é meu primeiro livro infanto-adultil. Estória que nasceu há muitos anos atrás e foi retomada a partir da aproximação com o movimento da população em situação de rua. Em PSIU! conto uma estória para todas as idades, que “faça acordar os homens e adormecer as crianças”, como dizia Drummond. A narrativa é corajosa ao trazer para a literatura “infantil”, ou “infanto-adultil” como prefiro, a realidade da miséria que não pode mais ser escondida do olhar da criança que é, freqüentemente, subestimado.

Em “Psiu!”, acompanhamos o cotidiano de um velhinho, a que todos chamam com “psius!”, um ser humano rico de imaginação, alegrias e tristezas, que vive em situação de rua, de lua e de luta. Psiu subverte suas misérias, dentro do (im)possível, com sua imaginação: brinca de ser invisível; trabalha, à noite, cuidando dos silêncios; colhe nas ruas suas belezas inúteis, ou “inutilezas”; e tem por amigos a natureza e as coisas simples da cidade que, em geral, passam desapercebidas pelos cidadãos apressados.
 
Através do traço sensível e de belas colagens da artista plástica Letícia Graciano, e do projeto gráfico de Denis Forigo, crio este conto de fadas e de fatos, uma história ao mesmo tempo ficcional e real. 

O Projeto

Conheça o eupassarinho

O Bando
porque uma andorinha sozinha não faz verão
O Ninho
minha casa móvel, La Poderosa III, Lindjinha
As Asas
arte e luta que me sustentam no ar
O Vôo
a busca pelo horizonte humano da liberdade coletiva
O Passarinho
qual sua espécie? que rumos habita? qual seu canto?