A Nova Canção Latinoamericana


Essa é a capa do CD que acabei de montar com 23 canções revolucionárias da América Latina para arrecadar fundos para o Centro de Formação dos Movimentos Sociais. Esse CD abrange expoentes de 16 países de “Nuestra América” que constituíram na década de 60, 70 o movimento da Canção Nova (fruto dos levantes populares que se espalharam por toda a América). A Canção Nova foi marcada por uma reabsorção da cultura popular, tematizando a vida e a luta dos trabalhadores com forte caráter social e político, muitas vezes diretamente associados aos movimentos e partidos revolucionários. Abaixo coloco a lista de músicas com alguns links pra suas versões no youtube. Quem se interessar, o CD sai de R$6 a R$10 (inclui encarte com letra das canções).

1. “El pueblo unido jamás será vencido”: Quilapayún-Chile
2. “Canción del poder”: tiempo nuevo-peru
3. “que força é essa?”: dércio marques-brasil (sérgio godinho)
4. “andes lo que andes”: luis rico-bolívia (amaury pérez)
5. “A desalambrar”: daniel viglietti-uruguai
6. “la chuchi”: maneco galeano-paraguai
7. “mula revolucionária”: pablus gallinazo-colômbia
8. “no passarán”: carlos mejía godóy-nicarágua
9. “símon bolívar”: inti-illimani-chile (Rubén Lena)
10. “el miliciano”: yolocamba i ta-el salvador
11. “seremos el pueblo nuevo”: pueblo nuevo-equador
12. “en la última trinchera”: andrés jiménez-porto rico
13. “porque los pobres no tienen”: soledad bravo-venezuela (v. parra)
14. “arreuni”: doroty marques-brasil (chico maranhão)
15. “gracias a la vida”: violeta parra-chile
16. “hasta siempre”: carlos puebla-cuba
17. “la era está pariendo un corazón”: silvio rodríguez-cuba
18. “los hermanos”: atahualpa yupanqui-argentina
19. “manifiesto”: victor jara-chile
20. “mujer”: amparo ochoa-méxico
21. “pobre del cantor”: pablo milanés-cuba
22. “se está secando el pozo”: ali primera-venezuela
23. “Canción con todos”: mercedes sosa-argentina

7 respostas para “A Nova Canção Latinoamericana”

  1. Jeff, adorei teu texto e já havia passado várias vezes pelo EUPASSARIN,
    gosto muito, muito, muito do que fazes e já tratei de linkar teu blog aos meus…espero que não se importe.
    o texto todo é incrível, mas essa parte ficou apregoada aos meus olhos ‘Esplêndido domingo. Os olhos na areia se olhando. Sangues. Carinhos. espelhos secando. um defronte ao outro. o ar mal entrando. e saindo. asfixia das nuvens paradas. nem lua. nem nada. E uma voz mal dizendo: “te amo”, “te amo”. mais jorros. engasgos. Os sorrisos expondo-se. aos pássaros. O mar chegando. arrastando peles. panos. e o peso dos ossos deixando, na areia, marcas. O sal coagulando ambos.’

    volto sempre ao passarin. como não voltar?
    beijos.

    (tentei te mandar isso tudo por e mail…mas sou uma nhonha que vai se perdendo fácil fácil pelas vias internéticas…)

  2. Eu com certeza estou interessada! (:
    aliás, desculpe-me por ainda não ter te mandado as fotos e a gravação, é que meu semestre acabou de terminar, e eu estava absolutamente fora de órbita. Vou correr atrás disso.
    Um beijo

  3. Gostaria de poder adquirir o seu cd mas não me é possivel pois estou desempregado e em Portugal estamos atravessando uma grande crise económica. Se desejar podemos intercambiar musicas politicas portuguesas pois possuo algumas centenas delas, algumas muito raras.

Leave a Reply